IPTU 2019 CURITIBA – CONSULTA, SEGUNDA VIA, PREFEITURA

Todos os anos o IPTU 2019 Curitiba chega até os contribuintes com algum imóvel ou terreno, seja residencial ou comercial que esteja presente em área urbana. Independente se seja casa, prédio ou lote, todos os cidadãos precisam pagar esse tributo para ficar em dia com o seu município.

Os contribuintes que não estiverem devidamente regularizado com o pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano estarão sujeito à uma série de consequências tributárias. Isto vale não só para o IPTU, como também para qualquer outro tipo de tributo estadual.

Quer saber mais sobre esse imposto? Então não deixe de conferir esse post até o final e descubra:

  • O que é IPTU Curitiba;
  • Para que serve o IPTU Curitiba
  • Como emitir a 2 via IPTU desse imposto;
  • Como consultar o Valor do IPTU 2019.

Confira!

O que é IPTU 2019 Curitiba?

IPTU 2019 CURITIBA

O Imposto Predial e Territorial Urbano é um encargo pago anualmente que, como falamos anteriormente, é destinado a cidadãos e empresas que possuem imóvel em área urbana.

Apesar de ser uma obrigação anual, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre a sua importância, e onde quitar o carnê. Para te ajudar, reunimos todas as informações necessárias sobre ele nesse post. Continue sua leitura e descubra para que serve esse imposto.

Prefeitura Curitiba IPTU

O Imposto Predial e Territorial Urbano é a melhor forma do contribuinte ajudar a cidade. Isso porque, é por meio dele que a Prefeitura Curitiba IPTU consegue arrecadas fundos para a execução de melhorias.

Por conta disso é fundamental que você mantenha ele pago em dia. É por meio desse tributo que a gestão poderá fazer investimentos em:

  • Saúde;
  • Educação;
  • Lazer;
  • Cultura;
  • Infraestrutura.

Com o dinheiro arrecadado desse imposto, não só você sai beneficiado, adquirindo produtos e serviços de qualidade do seu município, como também permite o crescimento e evolução da área onde habita atualmente.

IPTU 2019 CURITIBA

Por isso, se você recebeu o carnê do IPTU Curitiba e ainda não providenciou o seu pagamento, não perca tempo e faça já a quitação desse imposto.

Leia Também:

Agora, se ainda não fez isso porque perdeu o seu carnê, não tem problema. Você pode emitir a 2 via IPTU Curitiba deste documento.

Quer saber como? Então confira o tópico a seguir e aprenda como emitir a segunda via de seu imposto.

Segunda Via IPTU Curitiba

O carnê do IPTU Curitiba não chegou até a sua casa? Não se preocupe, você pode fazer a emissão da 2ª via pela a internet. Confira abaixo o passo a passo:

IPTU 2019 CURITIBA

  • Primeiro, acesse esse link (www.curitiba.pr.gov.br);
  • Selecione a opção Indicação Fiscal;
  • Depois, preencha o campo ao lado;
  • Na sequência, coloque a data de vencimento;
  • E por fim, clique em DAM IPTU Curitiba.

Seguindo todos os passos descritos acima, uma nova janela irá se abrir com a guia para pagamento do seu Imposto Predial e Territorial Urbano. Depois, é só salvar o arquivo em PDF, imprimi-lo e efetuar o pagamento.

Você também pode fazer a impressão do carne. Basta seguir os mesmos passos para emitir a segunda via IPTU Curitiba, e no final, clicar em carnê. Fique atento, a data de vencimento das parcelas muda conforme a Indicação Fiscal:

  • Final 1 e 2: Dia 11 de cada mês;
  • Final 3 e 4: Dia 12 de cada mês;
  • Final 5 e 6: Dia 13 de cada mês;
  • Final 7 e 8: Dia 14 de cada mês;
  • Final 9 e 0: Dia 15 de cada mês.

Consulta IPTU Curitiba 2019

Você quer se programar para o pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano? Então veja como realizar a consulta IPTU Curitiba.

IPTU 2019 CURITIBA

  • Acesse o site da Prefeitura de curitiba IPTU;
  • Clique na aba Serviços para o cidadão;
  • Escolha a opção IPTU 2019;
  • Clique no link no final da página;
  • Selecione a opção Indicação Fiscal;
  • Preencha os campos e clique em DAM.

Uma nova página irá abrir e nela você poderá conferir todas as informações sobre o IPTU 2019 Curitiba.

Alíquotas

Assim como em todos os estados e municípios brasileiros, estabelecer as alíquotas do IPTU Curitiba é de total responsabilidade da própria Prefeitura da cidade, e graças à tecnologia, a tabela de valores fica disponível no site da da mesma. Nela consta a porcentagem cobrada acima de cada valor separadamente.

Tudo que o contribuinte precisa fazer para visualiza-la é acessar o seguinte endereço eletrônico http://www.curitiba.pr.gov.br/conteudo/iptu-tabela/368. Mas para aqueles que não querem ter o trabalho de ir até a plataforma online do órgão do estado, disponibilizaremos a tabela logo abaixo:


Imóveis residenciais

  • Até R$ R$ 38.645,00 alíquota de 0,20%;
  • De R$ 38.645,01 a R$ 48.386,00 alíquota de 0,25%;
  • De R$ 48.386,01 a R$ 67.710,00 alíquota de 0,35%;
  • De R$ 67.710,01 a R$ 87.036,00 alíquota de 0,55%;
  • De R$ 87.036,01 a R$ 125.685,00 alíquota de 0,75%;
  • De R$ 125.685,01 a R$ 183.659,00 alíquota de 0,85%;
  • De R$ 183.659,01 a R$ 241.632,00 alíquota de 0,95%;
  • De R$ 241.632,01 a R$ 299.606,00 alíquota de 1,00%;
  • Acima de R$ 299.606,00 alíquota de 1,10%.

Imóveis não residenciais

  • Até R$ 48.388,00 alíquota de 0,35%;
  • De R$ 48.388,01 a R$ 67.710,00 alíquota de 0,55%;
  • De R$ 67.710,01 a R$ 87.036,00 alíquota de 0,85%;
  • De R$ 87.036,01 a R$ 106.360,00 alíquota de 1,60%;
  • Acima de R$ 106.360,00 alíquota de 1,80%.

Imóveis territoriais

  • Até R$ 19.320,00 alíquota de 1,00%;
  • De R$ 19.320,01 a R$ 38.645,00 alíquota de 1,50%;
  • De R$ 38.645,01 a R$ 57.969,00 alíquota de 2,00%;
  • De R$ 57.969,01 a R$ 96.619,00 alíquota de 2,50%;
  • Acima de R$ 96.619,00 alíquota de 3,00%.

Estas alíquotas IPTU Curitiba facilitam o contribuinte no momento de realizar o cálculo do valor que deve pagar de imposto. E vale lembrar que estes valores são referentes ao ano de 2018, pois  tabela de 2019 ainda não foi divulgada. Mas assim que a mesma estiver disponível, atualizaremos o conteúdo.

Pagar IPTU 2019 Curitiba

IPTU 2019 CURITIBA

Para pagar o IPTU Curitiba, basta se encaminhar até uma casa lotérica. Também é possível fazer o pagamento por meio de agências, internet banking, caixas eletrônicos e aplicativos dos seguintes bancos:

  • Caixa Econômica Federal;
  • Bradesco;
  • Banco Do Brasil;
  • Santander;
  • Itaú;
  • Sicredi;
  • Sicoob;
  • Mercantil Do Brasil;
  • Citibank.

Além disso, se você optou pela opção parcelada, também é possível programar o débito automático em sua conta. Basta entrar em contato com a sua agência e solicitar o serviço.

Leia Também:

O Imposto Predial e Territorial Urbano é um tributo que precisa ser pago anualmente pelos contribuintes com algum imóvel ou terreno. O não pagamento dele é considerado crime, e pode acarretar em uma série de problemas judiciais.

IPTU Curitiba Dívida Ativa

Para quem não sabe, a Dívida Ativa é o conjunto de créditos líquidos e certos que não foram pagos por pessoas físicas ou jurídicas perante o fisco, seja federal, estadual ou Municipal. Todo o débito desta dívida deve ser registrado na Procuradoria Geral da Fazenda Nacional de qualquer estado ou município.

A dívida ativa envolve de créditos tributários advindos do não pagamento dos tributos estabelecidos pelo governo, com adicional de multas e também de créditos não tributários. Ou seja, se você é curitibano e não paga os impostos em dia, certamente será inserido nesta lista.

Com o nome inscrito na dívida ativa, o contribuinte gera uma certidão negativa IPTU Curitiba de débito que mostrará que o mesmo encontra-se inadimplente, estando sujeito à penalidades previstas por lei. Mas não precisa se desesperar, pois ainda é possível resolver este problema. Veja como.

O cidadão que foi notificado a respeito do valor a ser pago na CND IPTU Curitiba, poderá dirigir-se até um cartório mais próximo para efetuar este pagamento de todo o débito e despesas.


Em caso de dúvida em relação ao IPTU Curitiba, basta entrar em contato com o Departamento de Rendas Imobiliárias, através do 156. Além disso, também é possível pedir esclarecimentos pelo e-mail cadastro@smf.curitiba.pr.gov.br.

Gostou do artigo? Já sabe como emitir o seu IPTU 2019 Curitiba e onde paga-lo? Deixe o seu comentário abaixo e nos diga quais são as suas dúvidas sobre o assunto. Não deixe de compartilhar esse post nas redes sociais e garantir que mais pessoas também fiquem por dentro desse tema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *